CONJUNÇÕES ADVERSATIVAS: você é gorda, MAS tem o rosto tão bonito

CONJUNÇÕES ADVERSATIVAS: você é gorda, MAS tem o rosto tão bonito

Precisamos falar sobre gordofobia. Não em sua versão escancarada, nua e crua. Precisamos trazer ao debate os modos em que ela se manifesta de uma forma velada, muitas vezes disfarçada em elogios ou ações de inclusão.

Suponhamos que você vai sair para uma baladinha ou outra programa legal. Toma um banho, ajeita o cabelo, escolhe uma roupa, se estiver afim passa uma maquiagem. Aí quando você está pronta alguém solta a bomba: Você tem o rosto tão bonito…

Era o que faltava para o efeito Sonrisal de sua autoestima dar as caras.

Ah, Martha, então agora até elogio é um modo de manifestar preconceito?
Considerando que geralmente o “elogio” vem acompanhado de críticas indiretas ao seu corpo, sugestões de dietas, fórmulas milagrosas, remédios e exercícios para emagrecer. Sim, isso é gordofobia

É muito comum ouvirmos um “mas” junto a um comentário positivo em relação a uma mulher gorda. Ela é gorda, mas sabe se vestir. Ela é gorda, mas é tão legal. Ela é gorda, mas é tão inteligente. Ela é gorda, mas tem cintura. Ela é gorda, mas quase não tem barriga.

O elogio atenua o crime de não entrar numa calça 38.

super wMas Martha, você tem que reconhecer que as coisas melhoraram muito, hoje temos modelos plus size, a indústria da moda já produz roupas maiores…

Bem, se observarmos não rola essa inclusão toda. Vemos que o corpo da ampla maioria das modelos plus size obedecem ao formato de violão ou ampulheta, muitas vezes devido ao uso de cintas e similares. Não é toda gorda que tem cintura marcada ou tem os traços da grande maioria delas.

Além disto, as grandes marcas de varejo continuam produzindo até o tamanho 46, há marcas que param no 44. Quem usa um número maior precisa recorrer a linhas/marcas específicas, que compram preços absurdos pelas roupas. É a lógica do mercado, se um produto é mais raro necessariamente será mais caro.

Como se não bastasse, a grande mensagem que o seguimento plus size tenta passar é que, mesmo sendo gorda uma mulher pode tentar se vestir bem. Ainda que gorda, ela pode tentar ser atraente. De certo ponto de vista, é um discurso de superação a uma deformidade evidente, onde não há uma mensagem de empoderamento, mas sim de aceitação de algo que é um grande empecilho, mas dá para aprender a conviver.

 A mensagem é clara, já que você é gorda, ache um meio disso não chamar atenção. Seja discreta. Não use roupas justas, dê preferência aos tons escuros e neutros, não use estampas chamativas. E se eu quiser usar tons florescentes? E se eu me sentir bem com uma roupa justa?

            E aí chegamos ao grande desafio, como empoderar uma mulher gorda quando temos um mundo de argumentos com base no discurso estético, da saúde e mais um caminhão de estereótipos?

            Não precisamos de migalhas, nem de concessões em troca de elogios.

Temos que reagir no momento que nos falam que temos um “rostinho bonito” e nos outros em que qualquer adjetivo favorável venha acompanhado de uma “mas” ou um “porém”. O rosto bonito tem uma dona, e vem acompanhado de um corpo. E se alguém não consegue ver a harmonia desse conjunto, não temos o que temer em falar que somos mais que isso. Não hesite em reagir ao preconceito. Se empodere e auto afirme. Seu corpo não é um obstáculo e sua barriga não é uma deformidade. Até porque não existe uma forma padrão de corpo. O ser humano é plural até nisso. Há mulheres mais altas, mais baixas, com cabelo cacheado ou liso, de pele das mais diversas tonalidades…

paul 2Quem disse que esse tom de pele, esse cabelo ou esse formato de corpo é o único que deve existir e ser admirado?

Sim, podemos nos amar. E se um terceiro se incomoda com nossa relação com nossos corpos e vê nosso amor próprio como uma afronta, isso não é um problema nosso.

Anúncios

Um comentário sobre “CONJUNÇÕES ADVERSATIVAS: você é gorda, MAS tem o rosto tão bonito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s